Perturbação Bipolar

A perturbação bipolar, também designada por perturbação maníaco-depressiva, é uma doença neurológica caracterizada por períodos de humor anormalmente elevado (mania) a que se seguem períodos de humor extremamente deprimido (depressão).


Embora todos nós tenhamos variações de humor de vez em quando, as alterações extremas de humor observadas em doentes com perturbação bipolar são muito diferentes. Durante a fase maníaca da doença, as pessoas com perturbação bipolar podem ter sensações de euforia, enorme otimismo ou autoestima exagerada, pensamentos acelerados e irritabilidade. Podem ter pouca necessidade de dormir, agir impulsivamente e ter até comportamentos imprudentes. Durante a fase depressiva, a mesma pessoa pode sentir-se triste, inútil ou desesperada, ter falta de energia, alterações dos padrões do sono e outros sinais de depressão clínica.


Os sintomas da perturbação bipolar podem causar bastante sofrimento, um desempenho profissional deficiente e levar até ao suicídio. Mas há razões para ter esperança; embora não exista uma cura para a perturbação bipolar, a doença pode ser tratada e controlada.


A perturbação bipolar pode ser tratada com uma combinação de medicamentos e psicoterapia; a medicação ajuda a estabilizar o humor, enquanto a psicoterapia ajuda o doente a compreender o seu humor e comportamentos, a detetar padrões e fatores desencadeantes, e a desenvolver estratégias para controlar as suas alterações de humor e os respectivos sintomas. Para mais informações sobre a perturbação bipolar e o seu tratamento, fale com o seu médico ou outro profissional de saúde mental.